Caldo de Legumes Caseiro

Panela com aproveitamentos de legumes para caldo de legumes caseiro

Caldo de legumes caseiro parece ser uma coisa bastante complicada de se fazer mas, na verdade, é umas das coisas mais fáceis que podes fazer na tua cozinha. Não precisas de grande preparação, basta colocares tudo num tacho e deixar o lume e o tempo fazerem o seu trabalho.

É uma das minhas “não-receitas” (a sério, é tão fácil que nem considero isto de receita) favoritas, pois para além de dar mais sabor aos nossos cozinhados, pode ser feito com aproveitamentos dos legumes que vamos usando durante a semana, rentabilizando assim ao máximo os alimentos que temos em casa. Costumo fazer aos fins de semana quando faço a minha preparação de refeições para o resto dos dias e tenho quase sempre um frasco de caldo de legumes no frigorífico ou no congelador.

Nunca fizeste caldo de legumes e ficaste curiosa/o? Vê então as minhas dicas para começares a prepará-lo em casa.

Panela com aproveitamentos de legumes para caldo de legumes caseiro

Caldo de Legumes Caseiro

Que legumes usar?

Tudo o que quiseres, desde cebolas, alho francês, cenouras, abóbora, couves e mil ervas aromáticas! Podes utilizar os legumes e ervas por inteiro, mas esta é uma excelente receita para aproveitar os ingredientes ao máximo e por isso eu gosto de fazer o caldo com as cascas, os talos e os restinhos de legumes que vou guardado durante a semana. O que faço é ir juntando tudo no congelador, sempre bem lavados, num saco próprio, e quando já está cheio coloco tudo na panela para fazer o meu caldo.

Uso as cascas da cebola, de cenoura, da courgete, da abóbora, os talos dos brócolos, folhas da couve-flor, talos de salsa, coentros, manjericão, enfim, tudo o que não vá cozinhar. Utiliza apenas legumes e ervas que não terias problema em comer de outro modo, pelo que legumes degradados estão fora, claro. Se ficas reticente em usar cascas de legumes não biológicos, uma vez que é nelas que se concentram mais tóxicos, então descarta-os. Se não tens confiança na origem dos legumes que tens em casa, não uses as suas cascas para o caldo, utiliza apenas restos do que já comerias de qualquer maneira ou, em último caso, o legume inteiro.

Como preparar?

Colocar todos os legumes e ervas num tacho grande e encher com água até cobri-los e ultrapassar uns 2 dedos de altura. Aqui podes juntar outros sabores, como folhas de louro, grãos de pimenta, cogumelos secos, sementes de coentros, alecrim ou tomilho seco, etc. Leva tudo ao lume e deixa fervilhar, com a panela tapada, durante cerca de 1h – 1h30 ou até o líquido ter reduzido pelo menos para 1/3 da quantidade inicial. Por fim escorre o caldo com a ajuda de um passador grande e guarda como indicado abaixo.

Quanto mais tempo reduzir, mais concentrado será o sabor, por isso podes ajustar o tempo ao lume a teu gosto. Eu não costumo juntar sal, prefiro temperar o caldo apenas na hora que utilizo, mas se quiseres fazê-lo podes colocar o sal logo no início da fervura ou no fim.

Como conservar?

No frigorífico, num frasco bem fechado, cerca de 4 dias.

No congelador, em forma de cubos (utiliza uma forma de gelo para isso e depois coloca os cubos numa caixa ou saco herméticos) ou em doses maiores, também em frascos ou caixas bem vedadas. Quando quiseres utilizar basta colocares directamente no tacho, ou, no caso de congelares em frasco, deixares no frigorífico a descongelar previamente.

Onde utilizar?

O sabor do caldo vai ser sempre diferente, consoante os legumes e ervas aromáticas utilizados. Caldos com mais cebola, cenoura ou abóbora ficam com um sabor mais adocicado, enquanto que caldos com com mais talos de couve ficam mais amargos. No entanto, qualquer que seja o sabor, um caldo de legumes caseiro é óptimo para ser usado em:

 

Agora que já viste como é simples fazer um caldo de legumes caseiro, experimenta! Guarda todas as casquinhas, restos de legumes, talos de aromáticas, para que tires deles o máximo possível e obtenhas um caldo bem saboroso para as tuas próximas refeições.


Dúvidas ou sugestões? Deixa aqui em baixo nos comentários para que te possa ajudar ;)

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.